Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 03 de agosto de 2016. Atualizado às 09h04.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

bancos

03/08/2016 - 09h05min. Alterada em 03/08 às 09h05min

HSBC tem queda de 40% no lucro do 2º trimestre e anuncia recompra de ações

Lucro líquido do banco foi de US$ 2,61 bilhões no período

Lucro líquido do banco foi de US$ 2,61 bilhões no período


JUSTIN TALLIS/AFP/JC
O HSBC divulgou nesta quarta-feira (3) que teve lucro líquido de US$ 2,61 bilhões no segundo trimestre do ano, representando queda de 40% ante igual período de 2015. Na mesma comparação, os ganhos antes de impostos do banco britânico caíram 45%, a US$ 3,61 bilhões.
O lucro diminuiu em meio a "incertezas consideráveis no primeiro semestre do ano", segundo o executivo-chefe do HSBC, Stuart Gulliver.
Nesta segunda metade de 2016, o HSBC informou que pretende gastar até US$ 2,5 bilhões para recomprar ações, após a venda bem-sucedida de suas operações no Brasil.
A recompra de ações vem num momento em que o HSBC enfrenta preocupações relacionadas a sua estratégia para a Ásia e dúvidas sobre o impacto da decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia, em plebiscito realizado em junho.
O HSBC, que já esteve presente em 87 países, vem saindo de alguns mercados, incluindo o Brasil, numa tentativa de melhorar sua rentabilidade e lidar com o endurecimento da regulação do setor bancário desde a crise financeira mundial. Suas principais operações estão hoje na Ásia, no Reino Unido e na América do Norte.
Em fevereiro, o HBC decidiu manter sua sede em Londres, após estudar a possibilidade de retornar para sua base original, em Hong Kong.
Na Bolsa de Londres, as ações do HSBC operavam em alta de 3,75% por volta das 4h20 (de Brasília).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia