Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de agosto de 2016. Atualizado às 00h22.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Vinicius Ferlauto

Giro Rápido

Notícia da edição impressa de 12/08/2016. Alterada em 11/08 às 20h53min

Denominação legal

A aplicação do couro em revestimentos automotivos vem crescendo em todo o mundo - e não só nos veículos mais luxuosos, como também nos intermediários. Em 2009, 8% da produção mundial de couro era destinada ao setor automotivo. Em 2014, esse índice chegou a 17%, e a projeção é de que em breve ultrapasse os 20%, alcançando 22% até 2020. Os dados foram fornecidos pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), que tem visitado concessionárias de automóveis no Brasil para esclarecer sobre a utilização da denominação "couro sintético". Segundo a entidade, há uma lei no País que determina que somente produtos feitos em pele animal podem receber a designação "couro".
Carros para ver
Duas opções de programas para quem curte carros neste fim de semana em Porto Alegre. Até domingo, o Shopping Praia de Belas apresentará modelos esportivos do acervo do Super Carros de Gramado. Já o Boulevard Assis Brasil terá exposição de veículos antigos em parceria com o Veteran Car Clube do Brasil RS. A entrada é franca em ambos os eventos.
Recarga elétrica
A BMW e a Ipiranga firmaram uma parceria para a instalação de pontos de recarga pública para automóveis elétricos e híbridos plug-in da marca alemã em postos de combustíveis. A inciativa prevê a instalação de 50 unidades de carregamento rápido até o final de 2016. O primeiro ponto já opera na Barra da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro, e a previsão é de que, até setembro, outras quatro capitais recebam o serviço.
Protótipo inédito
A Nissan revelou o primeiro protótipo de veículo a ser movido por uma "Célula de Combustível de Óxido Sólido" (SOFC), que funciona através de energia elétrica de bioetanol, com autonomia superior a 600 quilômetros. O novo sistema - inédito mundialmente - emprega uma "Célula de Combustível e-Bio", com um gerador de potência movido por meio de uma SOFC, que se utiliza da reação de diversos combustíveis com oxigênio, incluindo etanol e gás natural, para produzir eletricidade altamente eficiente.
Destaque do grupo
As 18 marcas filiadas à Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores comercializaram, em julho, 3.337 modelos importados, total que representou um crescimento de 19,7% em relação ao mês anterior, quando foram emplacadas 2.788 unidades. No entanto, frente a julho de 2015, o desempenho do setor voltou a ser negativo, com redução de 37,1% nas vendas. No acumulado de 2016, o setor de importados chegou a 21.537 unidades emplacadas, queda de 43,6% em relação aos 38.183 veículos licenciados nos primeiros sete meses do ano passado. Nesse contexto, destaque para a Kia Motors, que testemunhou seu mais recente lançamento, o SUV Sportage, alcançar 602 unidades faturadas, 47,1% do volume emplacado pela marca em julho. Com isso, o Sportage levou a Kia ao seu melhor desempenho comercial mensal do ano, em um total de 1.276 veículos vendidos, aumento de 58,1% sobre junho.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia