Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 28 de agosto de 2016. Atualizado às 17h36.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Osni Machado

Empresários & Cia

Notícia da edição impressa de 29/08/2016. Alterada em 26/08 às 19h55min

Protefix traz novidades para o setor corporativo

O diretor Paulo Brito diz que a empresa tem mais de 10 mil itens

O diretor Paulo Brito diz que a empresa tem mais de 10 mil itens


MARCELO G. RIBEIRO/JC
A Protefix Proteção e Fixação Ltda., empresa com 17 anos de atuação no Rio Grande do Sul, traz tecnologia moderna para o mercado. Entre as novidades mundiais está a ferramenta Naja de fixação a gás, da Walsywa. Este equipamento se diferencia dos demais que utilizam fixação à pólvora, além de apresentar uma capacidade para até 40 aplicações sem necessidade de recarga de pinos, indicada para concreto e aço estrutural de grande volume. Agrega-se a ele a característica de ser prático e leve.
A Protefix, empresa do segmento corporativo do ramo da construção civil, indústrias e de serviços, graças as parcerias com companhias especializadas do setor, oferece uma ampla linha de produtos modernos e de qualidade internacional. Entre estes parceiros, está a MG Cinto, do grupo Mult, qualificada na fabricação de equipamentos para trabalho em altura, com destaque para os equipamentos específicos para o setor elétrico: cinturão, talabarte, talabarte de posicionamento e trava-quedas, com padrão mais avançado em tecnologia de proteção.
Além destes equipamentos, a MG desenvolveu cinturões antichama - cinturão paraquedista abdominal feito em fita que retarda a chama, com quatro pontos de conexão. De acordo com o diretor da Protefix, Paulo Brito, a empresa conta com mais de 10 mil itens em sua linha de produtos. Lembra que o setor corporativo tem de estar atendo à evolução da legislação, que determina o uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC).
Brito comenta que as leis de proteção ao trabalho se modificam e se ampliam e, neste sentido, a linha de equipamentos também cresce. Cita, por exemplo, as novidades em cremes e protetores solares com Fator de Proteção UVA e UVB da Luvex, assim como, uniformes com tecidos próprios para evitar queimaduras e doenças que possam ocorrer devido a exposição solar.
A Protefix atende a capital gaúcha e Região Metropolitana com a sua frota de 18 veículos e seus 80 colaboradores qualificados, e com uma carteira de clientes com mais de 40 mil cadastros. A empresa, fundada em 1999, está localizada na avenida Farrapos, 2.181, em Porto Alegre e hoje, comercializa e distribui uma linha completa de suprimentos de produtos, entre os quais estão: os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), ferramentas manuais, elétricas, sistemas de fixação, cabos de aço, sinalização e acessórios para construção civil.
Brito informa que a Protefix tem como projeto ampliar a sua sede, com a construção de um novo prédio, para qualificar ainda mais o seu atendimento, com uma nova loja e também com a meta de criar um novo centro de distribuição de mercadorias.
Acesse o site da Protefiz para informações adicionais: a sede fica na avenida Farrapos, 2.181, em Porto Alegre. Fone: (51) 3222-0011. E-mail: protefix@protefix.com.br
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia