Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 03 de agosto de 2016. Atualizado às 09h45.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

De Olho na tevê

Notícia da edição impressa de 03/08/2016. Alterada em 02/08 às 20h59min

A dupla e o cardápio da semana

O Grêmio recebe o Santa Cruz amanhã e volta somente dia 14, novamente na Arena, contra o Corinthians. Somar seis pontos seria o ideal, quatro são obrigatórios. Abaixo disso, vira crise. O Inter terá mais trabalho, em campo e fora dele, para sair do buraco em que se meteu. O Cruzeiro precisa vencer e Mano Menezes sabe como fazê-lo. Depois virão o Flu no Beira-Rio e, abrindo o returno, a Chapecoense fora. Em tese, jogos para pontuar, mas não no atual estágio colorado: entrar em campo já mete medo, seja qual for o adversário.
Grêmio: como é que pode?
Incrível a forma como o Grêmio se submeteu ao muito fraco, apenas combativo América-MG. Com dois jogadores na Olimpíada, o destaque gremista acabou sendo Marcelo Grohe, por suas habituais grandes defesas. Edílson sintetizou em um momento, o de sua expulsão, as mancadas que cometia no Corinthians (ano passado, contra Inter e Grêmio, por exemplo). Mas nem isso explica como uma equipe forte, normalmente bem orientada, aceita a correria - e a ela se curva - do lanterna do campeonato. A goleada que levou do Sport foi vexatória; o empate de domingo, mais doloroso.
Um calvário sem fim
A cada domingo o Inter escapa de uma goleada. Contra a Ponte, foi salvo pela escancarada ajuda da arbitragem; contra o Corinthians, pela incompetência dos atacantes adversários, que cansaram de perder gols. Entre os colorados, entendo que ninguém escapou da debacle. Marcelo Lomba foi autor de duas jogadas bizarras - uma ridícula rebatida e uma saída do gol, sem motivo algum, até a lateral. Ariel apresentou um futebol varzeano, atrapalhava até a ele mesmo. Nico López estreou, pena que seu futebol durou dez minutos, depois caiu na ruindade geral.
Copa do Brasil
Nem dá para achar ruim o resultado do sorteio, havia adversários mais fortes na parada. A missão do Grêmio parece mais difícil, o Atlético-PR de Paulo Autuori é um time ajeitadinho, seu gramado artificial pode ser um complicador. O Inter pega o surpreendente Fortaleza, que disputa a Série C e já eliminou o Flamengo em fase anterior da Copa. Em outras épocas o favoritismo colorado seria absoluto, mas com a bolinha atual... O Ju pega o São Paulo, que partirá em busca do único título que lhe resta.
Pitacos
  • Hoje ou amanhã a liderança já pode trocar de mãos. Mas há duas semanas lembrávamos que o Corinthians só tinha a ganhar com o estrago causado pela seleção olímpica em outros clubes.
  • De todos os desfalcados, somente o Santos não decaiu. Por enquanto.
  • A desculpa é a Olimpíada, mas é irritante a CBF postergar jogos do Brasileirão. Para vários clubes a classificação ficará capenga até setembro.
  • Diego Souza: por que ele joga mais - e como joga! - no Sport do que em qualquer outro clube? Suas cobranças de pênaltis estão em nível de Messi, geralmente põe a bola no ângulo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
mengalvio dos santos 03/08/2016 09h27min
Inter, tu és GRANDE. Darás a volta toda no mundo da bola e chegarás novamente ao topo.
Dorian R. Bueno 03/08/2016 09h19min
ESTA TAÇA COM UM VOTO DE OTIMISMO, PODERÁ SER DO INTERNACIONAL !!!nCaso considerarmos que muitos times que estão na frente do nosso INTERNACIONAL, ainda vão perder muito mais do que nós, não conseguirão ter um melhor desempenho do que nós, deste jeito vamos poder acreditar com todo otimismo de um sonhador, que é possível ter um prêmio maior no CAMPEONATO BRASILEIRO e na COPA DO BRASIL.nSabemos que é ruim estar abaixo da metade da tabela, mas vamos subir a ladeira jogo a jogo, bem devagarito, e que se cuidem os adversários, por que logo estaremos no cangote de quem está guardando o nosso lugar.nAinda não temos CRAQUES no time, por hora é um bando de esforçados jogadores, é o que a casa COLORADA oferece aos seus exigentes TORCEDORES, mas o presidente está mais uma vez indo as compras para tentar acalmar os ânimos.nQuem dera se tivéssemos feito neste 1º turno a campanha do 2º turno do ano passado, a torcida com certeza não teria motivos para não estar feliz e pedir cabeça do Presidente Vitório Piffero e sua TRUPE, mas ele prefere ser CAMPEÃO GAÚCHO.nAbs. Dorian Bueno Google+, POA, 03.08.2016n
Sergio 03/08/2016 08h41min
Até agora o Ariel não justificou a contratação. Deve ter sido comprado em metro, pois parece um poste e não faz nada, quando faz esculhamba a jogada. Espero muito mais desse time e não chutões.