Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 30 de agosto de 2016. Atualizado às 19h22.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Opinião

Notícia da edição impressa de 31/08/2016. Alterada em 30/08 às 18h27min

Arrecadação de ICMS no primeiro semestre tem crescimento real com a marca da receita estadual

 Contabilidade - Fabio Haeser - foto divulgação Essencial Assessoria

Contabilidade - Fabio Haeser - foto divulgação Essencial Assessoria


ESSENCIAL ASSESSORIA /DIVULGAÇÃO/JC
Fabio Haeser
A recente publicação dos Índices de Participação Municipais para 2017 e o encerramento do conturbado primeiro semestre de 2016 aumentaram o interesse de prefeitos e secretários de Fazenda pelo tema arrecadação de ICMS, visto que 1/4 do imposto arrecadado pertence aos municípios. O recurso regiamente repassado para as 497 prefeituras gaúchas contém montantes que devem chegar a R$ 7,7 bilhões em 2016.
Já para 2017, a Sefaz-RS estima transferências de R$ 8,1 bilhões, com base nos novos índices. Friso o cumprimento da meta da Sefaz-RS de voltar a publicar o IPM provisório dentro do prazo legal, o que não ocorria há 11 anos, medida que auxilia o planejamento orçamentário das prefeituras.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia