Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 01 de agosto de 2016. Atualizado às 09h06.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

manifestações

Notícia da edição impressa de 01/08/2016. Alterada em 01/08 às 09h08min

Foi o primeiro protesto nacional contra Michel Temer

A primeira manifestação de caráter nacional contra o governo do presidente interino Michel Temer foi realizada ontem em pelo menos 24 estados e no Distrito Federal pelas frentes Brasil Popular e Povo sem Medo.
Em São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou do protesto concentrado na avenida Paulista, onde quatro quarteirões foram fechados nos dois sentidos e foram tomadas pelos manifestantes. Em seu discurso, Lula, com voz muito rouca, mandou recados para Temer. "Temer, você é um constitucionalista, sabe que não agiu correto assumindo a presidência interinamente. Permita que o povo retome o poder e participe das eleições em 2018", declarou. Os organizadores estimaram um público de 100 mil pessoas.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia