Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de julho de 2016. Atualizado às 22h27.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Partidos

Notícia da edição impressa de 19/07/2016. Alterada em 18/07 às 22h27min

PT perde tempo de propaganda partidária por defender Lula

O Partido dos Trabalhadores (PT) de São Paulo foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) à perda de tempo em propaganda partidária na televisão por ter defendido o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em comerciais exibidos em fevereiro e março deste ano. De acordo com o desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, relator do processo, não cabe à propaganda partidária a defesa de um filiado. Os demais desembargadores acompanharam o voto do relator. No comercial, o presidente do PT, Rui Falcão, diz: "O País inteiro sabe o que o presidente Lula fez pra melhorar a vida do povo brasileiro. Por isso mesmo ele tem sido alvo de ataques, provocações e perseguições pelos preconceituosos de sempre. Eles não aceitam que o Lula continue morando no coração do nosso povo".
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia