Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 17 de julho de 2016. Atualizado às 22h24.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura nacional

Notícia da edição impressa de 18/07/2016. Alterada em 17/07 às 21h20min

Ciro Gomes é contra realização de plebiscito sobre novas eleições

O vice-presidente nacional do PDT, ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, disse que é contra um plebiscito popular sobre novas eleições, proposta defendida pela presidente afastada Dilma Rousseff (PT) em caso de retorno ao Palácio do Planalto. "O mais importante num presidencialismo de crise é ter apego à regra. Qualquer derivação que rompa a regra é contra a estabilidade democrática necessária para que o País se reconcilie como estratégia de desenvolvimento."
Para ele, é improvável que um plebiscito dessa natureza seja aprovado por "uma Câmara controlada por maioria de corruptos" e por "um Senado controlado por Renan Calheiros (PMDB), Eunício Oliveira (PMDB) e Romero Jucá (PMDB)". As declarações foram dadas a jornalistas antes da abertura de painel sobre a crise política brasileira, promovido pela União Nacional dos Estudantes (UNE), no sábado, em São Paulo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia