Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de julho de 2016. Atualizado às 22h32.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

França

Notícia da edição impressa de 19/07/2016. Alterada em 18/07 às 22h27min

Terrorista demostrava interesse em movimentos extremistas

Milhares de pessoas se reuniram em Nice para fazer um minuto de silêncio em homenagem aos mortos

Milhares de pessoas se reuniram em Nice para fazer um minuto de silêncio em homenagem aos mortos


VILE DE NICE/ HO /AFP/JC
O homem que matou 84 pessoas jogando um caminhão contra uma multidão em Nice, no feriado do dia 14 de julho, Queda da Bastilha, planejou o ataque com antecedência e buscou informações na internet sobre o atentado contra a boate gay Pulse, em Orlando. "Se não há elementos na investigação que sugerem, neste momento, uma submissão ao Estado Islâmico ou vínculos com indivíduos do grupo, Mohamed Lahouaiej Bouhlel demonstrou certo interesse recente em movimentos extremistas islâmicos", disse o promotor François Moulin, que acompanha investigações.
Moulin descreveu uma radicalização rápida do homem, que no passado não era religioso. Esse movimento acelerado já havia sido mencionado, no sábado, pelo ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve. O terrorista disse a pessoas próximas que tinha deixado a barba crescer por motivos religiosos e que não conseguia entender como o Estado Islâmico (EI) não podia ter seu próprio território, relatou ontem a promotoria.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia