Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de julho de 2016. Atualizado às 20h55.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

terrorismo

14/07/2016 - 20h56min. Alterada em 14/07 às 20h56min

Temer lamenta ataque "no dia que eternizou fraternidade" como lema da França

Agência Brasil
Em mensagem posta no Twiter, o presidente interino Michel Temer lamentou o ataque à multidão que assistia, nesta quinta-feira, às comemorações do feriado francês de 14 de julho (queda da Bastilha), em uma avenida à beira-mar na cidade de Nice, no Sul do país. Mais de 70 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas quando um caminhão avançou sobre a multidão que assistia à queima de fogos de artifício no Passeio dos Ingleses. Michel Temer está em permanente contato com o Ministério das Relações Exteriores e avalia a possibilidade de telefonar ao presidente francês, François Hollande, para prestar solidariedade.
"É lamentável que, no dia que eternizou a fraternidade como lema do povo francês, um atentado destrua a vida de tantos cidadãos", escreveu o presidente em sua conta pessoal no Twitter.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia