Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de julho de 2016. Atualizado às 23h51.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

França

Notícia da edição impressa de 15/07/2016. Alterada em 14/07 às 23h47min

Ataque deixa pelo menos 80 mortos

Explosivos encontrados no veículo corroboram tese de ataque terrorista

Explosivos encontrados dentro do veículo corroboram tese de ataque terrorista


VALERY HACHE/AFP/JC
Pelo menos 80 pessoas morreram e 50 ficaram feridas nesta quinta-feira, informou a polícia, quando um caminhão avançou sobre uma multidão durante as comemorações da Queda da Bastilha em Nice, no sul da França. Pelo Twitter, o governo local qualificou a ação como um atentado. Fuzis e explosivos achados no caminhão corroboram a tese. Entre os feridos, ao menos 16 estavam em estado grave.
O veículo entrou na área fechada da Esplanada dos Ingleses, avenida litorânea da cidade da Côte D'Azur, por volta das 22h30min (17h30min em Brasília), pouco antes da queima de fogos que marca o mais importante feriado francês. Os espectadores da festa ficaram em pânico e saíram correndo. O governo da região de Alpes-Maritimes, onde fica Nice, pediu à população que voltasse a suas casas e ficasse em locais fechados.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia