Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de julho de 2016. Atualizado às 09h26.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

clima

14/07/2016 - 09h25min. Alterada em 14/07 às 09h27min

Granizo volta a atingir o Estado e previsão de chuva forte segue até sexta-feira

Em Não-Me-Toque, granizo formou um tapete branco nas ruas

Em Não-Me-Toque, granizo formou um tapete branco nas ruas


metsul meteorologia/divulgação/jc
A chuva de granizo que atingiu o Rio Grande do Sul na noite de quarta-feira (14) provocou estragos em algumas regiões do Estado. O temporal, que já era previsto pela meteorologia, chegou com força principalmente em cidades do Norte gaúcho, deixando casas destelhadas e cobrindo ruas com pedras de gelo.
Segundo a MetSul Meteorologia, houve registro de granizo em cidades da Serra, Planalto Médio, Norte e região Metropolitana. No município de Não-Me-Toque, um dos mais atingidos, os blocos de gelo tomaram as ruas, formando um tapete branco.
Em Porto Alegre, a chuva mais forte ficou localizada na zona Norte da cidade, enquanto outros pontos da Capital tiveram apenas precipitação leve.
Nesta quinta-feira, segue o risco de tempo severo com chuva localmente forte, raios e granizo localizado na região do Centro ao Norte do Estado, incluindo a Grande Porto Alegre, apesar de intervalos de melhoria. Na sexta-feira, ainda haverá chuva forte do leste até o norte. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia