Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 07 de julho de 2016. Atualizado às 18h50.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

greve

07/07/2016 - 18h50min. Alterada em 07/07 às 18h50min

Cpers decide pela suspensão da greve em Porto Alegre

Os professores da rede pública estadual decidiram, em assembleia realizada nesta quinta-feira (7), pela suspensão da paralisação. A categoria, que ficou em greve por mais de 50 dias, esteve reunida na Casa do Gaúcho, em Porto Alegre, onde tomou a decisão. As aulas devem ser retomadas na próxima segunda-feira (11).
A decisão foi tomada no dia seguinte à reunião do comando de greve do Cpers/Sindicato com os secretários estaduais de Educação, Luís Alcoba, e da Casa Civil, Márcio Biolchi, em que foi discutada a última proposta feito pelo governo gaúcho, rejeitada pela categoria.
Entre as reivindicações, o Cpers pede que o Estado conceda reajuste ao piso salarial da categoria conforme aumento do piso nacional do magistério.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia