Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de julho de 2016. Atualizado às 23h54.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa do Brasil

27/07/2016 - 23h55min. Alterada em 27/07 às 23h55min

Ypiranga perde em casa para o Fluminense, que avança na Copa do Brasil

Não deu para o Ypiranga. O time gaúcho foi derrotado pelo Fluminense por 2 a 0, nesta quarta-feira (27), no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, e foi eliminado da Copa do Brasil. Como havia empatado por 1 a 1 no jogo disputado no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), o time carioca garantiu a classificação para as oitavas de final.
O adversário do Fluminense será conhecido por meio de sorteio na próxima terça-feira, com os classificados na terceira fase e os times que estavam na Copa Libertadores - Corinthians, Palmeiras, Atlético Mineiro, Grêmio e São Paulo -, além do Internacional, que conquistou a vaga pela posição no último Campeonato Brasileiro.
O Fluminense precisava da vitória, mas não se comportou como um time que precisava vencer. Com certa apatia e lentidão, o time comandado pelo técnico Levir Culpi foi presa fácil para a defesa do time de Erechim e não conseguiu furar o bloqueio. As únicas tentativas eram de longa distância, com Gustavo Scarpa e Cícero, mas sem sucesso.
Aos 33 minutos, o Ypiranga quase marcou. João Paulo recebeu livre na área para finalizar, mas estava em impedimento. No segundo tempo Levir Culpi tirou o volante Edson para a entrada do estreante Wellington. Com isso, Gustavo Scarpa foi recuado para a armação e o time cresceu. Com o time mais lúcido, foram duas jogadas em 10 minutos. A melhor com Wellington Silva, que driblou a defesa e quase fez bonito gol.
Outro que estreou foi Henrique Dourado, mas como titular. Apagado em campo, a primeira tentativa do centroavante foi aos 17 minutos, em cabeçada defendida por Carlão. Melhor em campo e com um adversário sem causar perigo, o gol tricolor era questão de tempo. Aos 27, Douglas cruzou para Renato Chaves ajeitar para Cícero concluir: 1 a 0.
A vantagem tricolor não demorou. Lesionado, Henrique Dourado foi substituído por Magno Alves. Na primeira jogada do atacante, aos 36 minutos, ele aproveitou passe de Gustavo Scarpa e concluiu de cabeça: 2 a 0.
O Ypiranga não mostrou reação e não conseguiu pressionar o Fluminense nos minutos finais da partida. Com a partida sob controle, o time tricolor aguardou o apito final para avançar na competição e respirar aliviado.
Com reportagem do Estadão Conteúdo
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia