Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 29 de julho de 2016. Atualizado às 18h15.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

balanços

29/07/2016 - 18h16min. Alterada em 29/07 às 18h16min

Ambev: lucro e Ebitda do 2º trimestre ficam abaixo de estimativas

O lucro líquido atribuído a participação dos controladores registrado pela Ambev no segundo trimestre de 2016, de R$ 2,046 bilhões, ficou abaixo das estimativas do mercado. O resultado reportado foi 21% menor que a média das projeções de seis instituições financeiras consultadas pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, (Bradesco, BTG Pactual, Credit Suisse, Itaú BBA, Morgan Stanley e UBS), que apontava para lucro de R$ 2,591 bilhões entre abril e junho.
Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da fabricante de bebidas foi 6,6% mais baixo do que o esperado. A Ambev reportou um Ebitda ajustado de R$ 4,204 bilhões, enquanto a média das estimativas indicava um montante de R$ 4,503 bilhões.
O cálculo dos analistas considerou o dado ajustado, que exclui receitas e despesas não-recorrentes.
A receita líquida de R$ 10,377 bilhões divulgada pela companhia ficou em linha com o esperado pelos analistas. Os profissionais esperavam receita de R$ 10,723 bilhões, em média.
O Broadcast considera que o resultado está em linha com as projeções quando a variação para cima ou para baixo é de até 5%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia