Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 29 de julho de 2016. Atualizado às 16h43.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

29/07/2016 - 16h39min. Alterada em 29/07 às 16h45min

Chinesa Xiaomi lança celular com duas câmeras traseiras e laptop

Mi Notebook Air marca a entrada da empresa no mercado de computadores

Mi Notebook Air marca a entrada da empresa no mercado de computadores


Xiaomi/Divulgação/JC
A Xiaomi, uma das maiores empresas de tecnologia da China, apresentou esta semana dois novos produtos, um smartphone com duas câmeras traseiras e um notebook.
O Redmi Pro é o primeiro smartphone da Xiaomi a trazer duas câmera traseiras – o sensor Sony IMX258, de 13MP, dispara simultaneamente na duas câmeras e processa a profundidade do campo, criando um efeito de fundo desfocado dinâmico semelhante ao das câmeras profissionais. O Redmi Pro também é o primeiro telefone da empresa com tela OLED. O aparelho começa a ser vendido na China a partir do dia 6 de agosto por valores a partir de US$ 225.
A empresa também fará a sua incursão na área de computadores com o Mi Notebook Air. A máquina tem duas configurações: com tela 12,5 polegadas e processador Intel Core M3 e outra com tela de 13,3 polegadas e processador Intel Core i5. O sistema operacional instalado é o Windows 10. O laptop começa a ser vendido no dia 2 de agosto. O modelo de entrada custará US$ 600 e o outro US$ 750.
A empresa não comunicou se há previsão de venda em outros países, inclusive no Brasil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia