Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 29 de julho de 2016. Atualizado às 15h06.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Petróleo

29/07/2016 - 15h08min. Alterada em 29/07 às 15h08min

Venda do BM-S-8 à Statoil deve sair até meados de 2017, diz diretora da Petrobras

A diretora de Exploração e Produção da Petrobras, Solange Guedes, disse nesta sexta-feira (29) que há uma "intenção bastante firme" do Ministério de Minas e Energia de que o processo de venda de sua participação no bloco exploratório BM-S-8 para a Statoil Brasil Óleo e Gás seja feito até meados do ano que vem. "Esse é um marco que fez parte dessa negociação. Estamos seguindo com esse premissa e avaliamos e acreditamos que de fato isso irá acontecer no ano que vem", afirmou.
O preço base negociado para a participação no BM-S-8 é de US$ 2,5 bilhões. A primeira parcela, de 50% do valor total, será paga no fechamento da operação. O restante será pago por meio de parcelas contingentes relacionadas a eventos subsequentes, como, por exemplo, a celebração do Acordo de Individualização da Produção, informou a Petrobras hoje.
"Para o segundo marco, que é a celebração do acordo de individualização da produção, até pela nossa experiência, existe uma boa perspectiva que venha a ocorrer um ano à frente do resultado dessa rodada que vai acontecer das áreas monetizáveis", disse a diretora.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia