Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de julho de 2016. Atualizado às 09h41.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

tecnologia

25/07/2016 - 09h42min. Alterada em 25/07 às 09h42min

Verizon confirma acordo para comprar Yahoo por US$ 4,83 bilhões

Para a Verizon, o negócio acrescenta outro elemento em seu negócio de mídia digital e anúncios

Para a Verizon, o negócio acrescenta outro elemento em seu negócio de mídia digital e anúncios


ANDREW BURTON/AFP/JC
A Verizon Communications anunciou nesta segunda-feira (25) planos para comprar o Yahoo por US$ 4,83 bilhões em dinheiro. Com isso, encerra-se uma disputa pela companhia do setor de internet. O preço, que inclui o negócio de internet do Yahoo e algumas propriedades, é uma queda notável para a pioneira da internet no Vale do Silício, que teve uma capitalização de mais de US$ 125 bilhões no auge do boom das empresas do setor de internet.
Para a Verizon, o negócio acrescenta outro elemento em seu negócio de mídia digital e anúncios. As companhias disseram que o acordo está sujeito a condições normais desse tipo de negócio, incluindo a aprovação dos acionistas do Yahoo, e esperam concluí-lo no início de 2017.
A venda não inclui, entre outras coisas, o dinheiro do Yahoo, suas ações no Alibaba Group, as ações no Yahoo Japan e patentes não estratégicas do Yahoo. Esses ativos, chamados de portfólio Excalibur, continuarão sob controle do Yahoo, que se tornará uma companhia de investimento publicamente negociada.
As empresas, em seu anúncio, não mencionaram no comunicado o papel futuro para a executiva-chefe do Yahoo, Marissa Mayer. É improvável, porém, que ela tenha papel relevante na Verizon, segundo pessoas ligadas ao tema. Ela deve ganhar mais de US$ 50 milhões em compensação se for afastada como resultado da venda, após levar mais de US$ 100 milhões em dinheiro e ações.
A Verizon competia no negócio sobretudo com empresas de private equity, como a Bain Capital, a Vista Equity Partners, TPG e Advent International. A AT&T chegou a fazer oferta, mas não era vista como uma competidora importante nesse negócio, segundo as fontes.
Após o anúncio, a ação da Verizon subia 0,05% no pré-mercado em Nova York, enquanto o papel do Yahoo caía 0,96%, às 8h27 (de Brasília).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia