Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de julho de 2016. Atualizado às 11h26.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

14/07/2016 - 11h27min.

Bovespa acompanha pares internacionais e avança

O bom humor dos investidores segue estimulando a busca por ativos de risco no mundo e a Bovespa opera em firme alta nesta quinta-feira (14), caminhando para o sétimo pregão de ganhos.
Às 10h40min, o Ibovespa operava em alta de 1,11%, aos 55.179,93 pontos, enquanto em Wall Street, onde os negócios tiveram início pouco antes, o Dow Jones subia 0,65%, o S&P 500 tinha ganho de 0,56% e o Nasdaq, valorização de 0,61%.

A perspectiva de estímulos na Europa ainda é responsável por manter o apetite dos investidores por ações. Isso porque o Banco da Inglaterra (BoE), apesar de ter optado por manter hoje a taxa básica de juros, assim como seu programa de compra de ativos, sinalizou a intenção de relaxar a política econômica na próxima reunião, em 4 de agosto.

"A maioria dos membros da comissão espera que a política monetária seja relaxada em agosto", diz comunicado da autoridade monetária. "O tamanho e a natureza das eventuais medidas de estímulo serão determinadas nas próximas semanas", apontou o BoE.

Internamente, é bem recebida no mercado a vitória de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados, já que fortalece o governo Michel Temer. Ao conseguir colocar um aliado para substituir Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no comando da Casa, o presidente em exercício deve ficar com o caminho mais livre para aprovar sua agenda de reformas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia