Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de julho de 2016. Atualizado às 09h29.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

fraude

13/07/2016 - 09h26min. Alterada em 13/07 às 09h30min

Operação combate fraude tributária no Rio Grande do Sul e em São Paulo

Um esquema de fraude tributária milionário virou alvo de investigação na manhã desta quarta-feira (13) no Rio Grande do Sul e em São Paulo. A 2° fase da Operação Dariba II, deflagrada pela Delegacia Fazendária do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) e pela Polícia Civil, investiga um golpe avaliado em R$ 21,5 milhões no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS).
Conforme as investigações, a operação combate um grupo criminoso que usa laranjas para criar empresas fantasmas, simular venda de mercadorias e obter o imposto de forma indevida.
Doze mandados de busca e apreensão, um de prisão temporária e um de condução coercitiva estão sendo cumpridos na grande Porto Alegre e no interior e paulista. No Rio Grande do Sul, as ações ocorrem em Portão, São Sebastião do Caí e Sapucaia do Sul.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia