Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 12 de julho de 2016. Atualizado às 16h19.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

12/07/2016 - 16h22min. Alterada em 12/07 às 16h22min

Ouro fecha em queda em dia de apetite por risco do mercado

Os contratos futuros de ouro acumularam nesta terça-feira a quarta sessão consecutiva de queda, impactados pelo maior apetite do mercado por risco. A escolha da nova premiê do Reino Unido, Theresa May, reduziu as incertezas econômicas relacionadas ao Brexit e estimulou a procura por ativos de risco em detrimento do ouro.
O ouro para agosto negociado na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fechou em queda de 1,57%, a US$ 1.335,30 por onça-troy.
O contrato futuro da prata também fechou em queda na sessão desta terça, acompanhando o ouro. A prata para setembro recuou 1,1%, para US$ 20,08 a onça.
Segundo o diretor da Altavest, Michael Armbruster, os dois metais preciosos podem estar passando por um período de consolidação ou correção após as altas recentes. Do Brexit até hoje, o ouro acumulou ganhos de 5,71% em meio às incertezas sobre a economia mundial.
"A prata provavelmente vai seguir o ouro, mas a forte correlação entre os dois metais nem sempre se iguala diariamente", afirmou Armbruster. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia