Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 05 de julho de 2016. Atualizado às 10h27.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

05/07/2016 - 10h27min.

Dólar sobe ante real com aversão externa e antes de leilão de swap

Dólar sobe ante real com aversão externa e antes de leilão de swap

O dólar avança ante o real na manhã desta terça-feira (5), acompanhando o movimento visto ante outras moedas emergentes e ligadas a commodities, num dia de maior aversão a risco, mas também a expectativa com o leilão de swap cambial reverso do Banco Central. O resultado do leilão de swap cambial reverso de até 10 mil contratos (US$ 500 milhões) será conhecido às 9h50. Mesmo em alta, o dólar à vista ainda não tocou os R$ 3,30.

Às 9h25min, o dólar à vista subia a R$ 3,2907 (+0,74). O dólar para agosto exibia alta de 0,59%, a R$ 3,3170.

No exterior, presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Mark Carney, disse hoje que o BC inglês tem um plano claro para ajudar a sustentar a economia do Reino Unido, que está em execução e dando resultados.

Mais cedo, o Comitê de Política Financeira do BoE reduziu as exigências de capital para bancos britânicos em 5,7 bilhões de libras (US$ 7,6 bilhões), numa iniciativa que deverá permitir às instituições financeiras elevar os empréstimos em 150 bilhões de libras (US$ 199 bilhões) a empresas e famílias.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia