Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 01 de julho de 2016. Atualizado às 21h09.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

bancos

01/07/2016 - 21h08min. Alterada em 01/07 às 21h09min

Bradesco conclui compra do HSBC por R$ 16 bilhões; ativos totais somam R$ 1,2 trilhão

 (FILES) -- THIS FILE PHOTO TAKEN ON DECEMBER 9, 2009 IN THE CENTER OF  GENEVA SHOWS A SEAGULL FLYING NEAR A BRANCH OF HSBC PRIVATE BANK. SWISS PROSECUTORS CLOSED THE HSBC CASE ON JUNE 4, 2015, WITH THE BANK TO PAY A 40 MILLION SWISS FRANCS FINE (38 MILLION EUROS). AFP PHOTO / FABRICE COFFRINI

Os depósitos totais dos dois bancos somam R$ 245,4 bilhões


FABRICE COFFRINI/AFP/JC
O Banco Bradesco informa que foi concluída nesta sexta-feira (1), a aquisição de 100% do capital social do HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo e HSBC Serviços e Participações Ltda (em conjunto HSBC Brasil). Segundo o banco, o montante pago foi de R$ 16 bilhões. O valor, no entanto, está sujeito a ajuste pós-fechamento com base no balanço do HSBC Brasil a ser levantado na data de hoje (base IFRS).
Em comunicado ao mercado, enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o Bradesco informa que os clientes do HSBC Brasil continuarão a ser atendidos em suas agências de maneira habitual e passarão a contar com produtos, serviços e comodidades oferecidos pelo Bradesco, a partir da data da integração tecnológica do HSBC Brasil no Bradesco, que será oportunamente divulgada ao mercado.
Considerando dados de março de 2016 para o Bradesco e dezembro de 2015 para o HSBC, as duas instituições juntas têm ativos totais de R$ 1,276 trilhão, o que representa uma evolução de 15,9% para o Bradesco.
Os depósitos totais dos dois bancos somam R$ 245,4 bilhões, avanço de 29,7% em relação ao que o Bradesco tinha sem o HSBC. A carteira de crédito, por sua vez, avança 15,4%, para R$ 534,5 bilhões. Os recursos captados e administrados chegam a R$ 1,829 trilhão, uma alta de 15,1% ante o registrado pelo Bradesco ao final de março.
O Bradesco informa ainda que o número de correntistas avança 19,5% com o HSBC para 30,6 milhões. O número de agências, por sua vez, tem evolução de 18,9% para 5.360 unidades, enquanto os postos de atendimento somam 3.983, um crescimento de 12,7%.
Na nota, o Bradesco destaca ainda que essa aquisição é a maior já realizada pelo banco, o que "consolida sua posição de destaque no cenário financeiro nacional". Segundo o banco, a operação reafirma ainda a confiança da instituição na economia brasileira.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia