Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 12 de julho de 2016. Atualizado às 22h43.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 13/07/2016. Alterada em 12/07 às 18h58min

Cais Mauá

Segundo o jornalista Danilo Ucha, em sua coluna Painel Econômico de 11/07/2016 do Jornal do Comércio, mais um projeto tramita na Câmara dos Vereadores contra a revitalização do Cais Mauá. E de autoria de uma vereadora do PT, partido que não se contentou em deteriorar a situação econômica do País e continua travando o desenvolvimento do Rio Grande do Sul. A proposta é tombar o Armazém A7, pois ele está exatamente onde a empresa, que bancará todo o empreendimento, quer construir um shopping center. Essa é a mentalidade dos partidos da esquerda, sempre contra a iniciativa privada. (Eduardo Fossati, engenheiro)
Cais Mauá II
Sobre o texto Mais um obstáculo ao projeto do Cais Mauá (coluna Painel Econômico, JC, 11/07/2016), continuamos insistindo em executar obras nas margens do Rio Guaíba, Área de Proteção Permanente (APP) de 500 metros. Em breve, teremos decisão judicial sobre estas APPs na Justiça Federal. Parecer do IBGE manda manter o topônimo "Rio Guaíba", tal documento já esta ajuizado. Com isto, a orla do rio Guaíba será protegida em seus 500 metros, quem construir cometerá delito segundo a Lei dos Crimes Ambientais. Embora alguns ainda continuem chamando de Lago Guaíba o nosso rio. (Henrique Wittler, Porto Alegre)
Lâmpadas
As novas lâmpadas tipo LED são boas, mas muito caras. Agora, todos têm que comprá-las, eis que as antigas, incandescentes, estão proibidas no comércio. Uma pena. (Jair Souza, Porto Alegre)
Buracos
Na rua Barão do Amazonas, descendo e quase chegando na avenida Ipiranga, lado direito, tem um grande buraco. E peço também à Smov que complete o asfaltamento da rua Paulino Teixeira, no trecho antes da Protásio Alves, pois a EPTC colocará uma sinaleira e a rua está esburacada. No Viaduto Tiradentes, a Secretaria Municipal de Obras e Viação fez um bom trabalho e tapou buracos que havia na pista. Pequenos, mas sempre buracos. (Paulo de Tarso Ricardini)
Constituição
Além de envolvido na Lava Jato, parece que Renan Calheiros (PMDB-AL) carece de boa memória. É que no último encontro que teve com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), também envolvido em denúncias, o senador brindou-o com um exemplar da Constituição. Gesto inócuo, pois Renan esqueceu que o ex-presidente se gabou, ainda quando era presidente, que não lia nem jornais, quanto mais livros. A propósito, bem que poderia ser abolida, ou ao menos se tornar optativa, a exigência nas solenidades de posse de legisladores e de governantes de "jurar" obediência à Carta Magna, pois é o que menos fazem, no Brasil. (Sérgio Becker, Porto Alegre)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia