Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de julho de 2016. Atualizado às 22h27.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 19/07/2016. Alterada em 18/07 às 21h34min

Atrações turísticas I

Bancas de frutas e verduras na Av. Borges de Medeiros, no Centro Histórico

Bancas de frutas e verduras na Av. Borges de Medeiros, no Centro Histórico


FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
A página reafirma: a prefeitura desistiu do Centro Histórico de Porto Alegre. Além da proliferação dos camelôs e ambulantes que não ambulam, surgiram as bancas de hortifrutigranjeiros na Rua da Praia, Salgado Filho e na Borges de Medeiros, cujos produtos absorvem o monóxido de carbono da atmosfera poluída. E não pagam aluguel e impostos.

Atrações turísticas II

Contêineres na Rua da Praia, em Porto Alegre
Contêineres na Rua da Praia, em Porto Alegre
FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
A outra imagem mostra a Rua da Praia. Como pretender a revitalização com contêineres em fila, sem-teto e carrinheiros ocupando boa parte da rua? Sim, há muito lixo orgânico gerado pelos restaurantes, mas tem que colocá-los justo na Rua da Praia? Dá a impressão que o comércio formal está resignado com esse status quo, como se fosse batalha perdida. Parece que está mesmo.

Em compensação...

O portal Hit Road coloca a nossa Gonçalo de Carvalho entre as 25 ruas mais bonitas do mundo, ocupando a 16ª posição.

Queixas de taxistas...

Não bastasse a crise econômica e o avanço do Uber, os taxistas reclamam que estão com mais uma baixa no faturamento. Os aplicativos pelo celular para chamar táxi, que antes rendiam muitos passageiros e cobravam taxas pequenas dos taxistas, agora não geram tanta demanda e aumentaram as cobranças.

...vantagem aos passageiros

Além do percentual tradicional, uma empresa passou a pedir R$ 2,00 por corrida feita através do aplicativo. Outra exige que os motoristas concedam desconto de 30% ao passageiro. E continua cobrando a mesma taxa, o que faz com que o ganho em corridas curtas seja ínfimo.

Monta-desmonta

Lá vamos nós de volta aos anos 1950 e ao yankees, go home. Petroleiros vão parar em agosto em protesto pelo que chamam desmonte da Petrobras. Desmontada ela já foi nos últimos anos, o desafio agora é montá-la de novo com o que sobrou.

O apito do trem

O projeto do Trem Turístico no Rio Grande do Sul começa a se definir dia 28, quando os sete prefeitos das cidades por onde passam os trilhos (Estrela, Colinas, Guaporé, Roca Sales, Muçum, Vespasiano Correa e Dois Lajeados) acertam os ponteiros com a Rumo/All, para dela obterem autorização para explorar o segmento turístico, segundo o jornal NG. Depois desta etapa, é preciso o ok do Dnit e da ANTT.

Colaterais

Os cuidados com a segurança das Olimpíadas 2016 já apresentam efeitos colaterais. Entraram em vigor ontem os novos protocolos que resultaram em longas filas nos aeroportos, especialmente em Congonhas. A Anac está recomendando que os passageiros cheguem com duas horas de antecedência mesmo nos voos domésticos. Um dia chegará a vez das rodoviárias.

Sábio Sartori

Durante seu discurso de posse como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o ex-deputado Alexandre Postal desabafou em público, revelando que havia ficado magoado por não ter sido chamado para o secretariado do governador José Ivo Sartori (PMDB) em 2015. Mas ontem agradeceu pelas circunstâncias, pois agora está no TCE. No final de sua fala, atribuiu isso à "sabedoria de Sartori".

O rei da redução

Condenado na Lava Jato, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró é um prodígio em matéria de redução. Querida encolhi minha pena, parafraseando o título do filme. Graças à legislação penal e aos seus advogados, a condenação a 17 anos e três meses de Cerveró passou para quatro anos. Cumpriu um ano e cinco meses em diversas prisões e carceragens e agora a prisão é sua residência em Itaipava, Petrópolis (RJ). O crime compensa.

Miúdas

  • INICIADA a substituição do piso do Plenário Otávio Rocha da colenda porto-alegrense. Obras durarão 60 dias.
  • SOMOS o País que provavelmente mais fala em gestão de qualidade e o que menos a pratica.
  • COLETA irregular de lixo reciclável será alvo de ofensiva do DMLU e EPTC a partir de hoje.
  • NATURAL que existam "empresários" neste setor. Afinal, lixo é dinheiro, mas não o orgânico.
  • AMANHÃ o Programa Aprendiz Legal do CIEE-RS forma seis jovens do Centro de Atendimento Socioeducativo de Novo Hamburgo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia