Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de julho de 2016. Atualizado às 19h02.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

Notícia da edição impressa de 29/07/2016. Alterada em 28/07 às 17h19min

Acordo delicado

Nahid destaca mãe que pode perder a guarda do filho

Nahid destaca mãe que pode perder a guarda do filho


TUCUMÁN FILMES/DIVULGAÇÃO/JC
Com direção de Ida Panahandeh, o longa-metragem Nahid: amor e liberdade conquistou o Prêmio do Futuro na mostra Um certo olhar do Festival de Cannes. O enredo se passa em Teerã, no Irã, e é a primeira produção do país a abordar questões como o divórcio e a guarda dos filhos.
A protagonista, que empresta o nome ao título do filme, é uma jovem que vive em uma cidade à beira do mar Cáspio. Após se divorciar do marido, ela consegue driblar as leis iranianas - segundo as quais, em caso de separação, o filho fica com o pai. O ex-companheiro de Nahid concorda em deixá-la com a criança que tiveram juntos, mas com a condição que ela não se case outra vez.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia