Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de julho de 2016. Atualizado às 20h34.

Jornal do Comércio

JC Logística

COMENTAR | CORRIGIR

Mobilidade

Notícia da edição impressa de 28/07/2016. Alterada em 27/07 às 17h10min

Haddad planeja pagar para incentivar uso de bike

Haddad (c)  pretende atrair paulistanos para deslocamento nos horários de pico, quando ônibus superlotam

Haddad (c) pretende atrair paulistanos para deslocamento nos horários de pico, quando ônibus superlotam


BRUNO SANTOS/FOLHAPRESS/JC
A gestão Fernando Haddad (PT) planeja recompensar financeiramente o paulistano que trocar o carro ou o ônibus pela bicicleta, por meio da criação do bilhete mobilidade, que substituirá o atual bilhete único. Segundo a prefeitura, quem fizer parte do percurso diário de bike passará a acumular créditos. Eles serão calculados de acordo com a distância, o local e o horário percorridos, e poderão ser resgatados em dinheiro ou consumidos em uma rede credenciada de serviços.
A ideia é estimular o uso da bicicleta como meio de locomoção até o trabalho e integrar os diferentes tipos de modais. Para isso, a prefeitura promete dar "descontos" na passagem de ônibus, na viagem de táxi ou nos percursos realizados em carros compartilhados, como o Uber.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia