Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de junho de 2016. Atualizado às 23h54.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara dos Deputados

Notícia da edição impressa de 23/06/2016. Alterada em 22/06 às 23h54min

Planalto evitaria racha na sucessão de Cunha

Conjuntura indica que poderá haver mais de cinco nomes na disputa

Conjuntura indica que poderá haver mais de cinco nomes na disputa


MARCELO CAMARGO/ABR/JC
Com a iminência de serem lançadas várias candidaturas para disputar um possível "mandato tampão" da presidência da Câmara, parte das lideranças da base aliada vê, como única alternativa para se evitar um "racha irreversível", a participação da cúpula do Palácio do Planalto na escolha de um nome.
Apesar do posicionamento público de que não pode haver interferência do Executivo numa possível disputa no Legislativo, a sinalização de que poderá haver mais de cinco nomes na briga é vista por representantes da base aliada como um elemento que irá gerar instabilidade à governabilidade do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), na Casa.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia