Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de junho de 2016. Atualizado às 22h02.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo Federal

21/06/2016 - 22h02min. Alterada em 21/06 às 22h02min

Ricardo Lewandowski rejeita novo recurso de Dilma

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, negou nesta terça-feira (21), mais um recurso da presidente afastada Dilma Rousseff sobre o funcionamento da comissão especial do impeachment.
Na peça, os advogados da petista argumentavam que o tempo de três minutos para que as testemunhas dessem suas respostas era muito curto e pediam um novo depoimento de Cilair Rodrigues de Abreu, ex-secretário-adjunto da Secretaria de Orçamento Federal.
Lewandowski, que é presidente do processo de impeachment e responsável por analisar os recursos, negou o pedido e argumentou que não ficou suficientemente demonstrado na peça porque esse fato causaria prejuízo à defesa.
Até agora, a presidente afastada obteve apenas uma decisão favorável nos recursos que apresentou ao presidente do STF. Lewandowski autorizou a realização de uma perícia independente nos fatos que levaram ao recebimento da denúncia contra Dilma.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia