Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de junho de 2016. Atualizado às 22h35.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

novo governo

20/06/2016 - 22h18min. Alterada em 20/06 às 22h35min

Governo retira de MP das aéreas taxa de conexão para evitar obstrução

Em acordo para acabar com a obstrução do PT na votação da Câmara o governo Michel Temer aceitou nesta segunda-feira retirar da medida provisória 714, que aumenta o limite de capital estrangeiro nas companhias aéreas, o trecho que previa a criação da chamada "taxa de conexão" para voos que operam no País.
Por meio do acordo, líderes partidários também decidiram só votar a medida provisória nesta terça-feira, 21. Nesta segunda-feira, deputados federais apenas discutem o mérito da matéria. Pelo acordado, o plenário seguirá para a etapa de votação da proposta no início da sessão de amanhã. A matéria ainda precisa ser analisada pelo Senado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia