Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 15h34.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

novo governo

Notícia da edição impressa de 02/06/2016. Alterada em 27/12 às 16h36min

Temer escolhe Torquato Jardim para comandar Transparência

Advogado, Jardim atuou como ministro do Tribunal Superior Eleitoral

Advogado, Jardim atuou como ministro do Tribunal Superior Eleitoral


ABR /JC
O presidente interino Michel Temer (PMDB) escolheu o ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Torquato Jardim para o comando do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle. O nome teve apoio da bancada do PMDB no Congresso Nacional e o respaldo do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a quem coube indicar o antigo ministro Fabiano Silveira, que pediu demissão na segunda-feira. A posse de Jardim deve ocorrer hoje.
Segundo a reportagem apurou, logo após a saída de Silveira, Temer fez questão de informar a Renan por meio de um interlocutor a disposição de ouvi-lo antes da definição de um nome. A sondagem ao nome de Torquato Jardim foi antecipada pela Folha de S.Paulo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia