Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de junho de 2016. Atualizado às 00h06.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Congo

Notícia da edição impressa de 22/06/2016. Alterada em 22/06 às 00h04min

Ex-vice-presidente congolês é condenado a 18 anos de prisão

A Corte Penal Internacional de Haia (ICC, na sigla em inglês) sentenciou o ex-vice-presidente do Congo, Jean-Pierre Bemba, a 18 anos de prisão por assassinatos, estupros e pilhagem cometida por suas tropas no país vizinho, a República Centro-Africana, entre 2002 e 2003.
A juíza Sylvia Steiner afirmou ontem que a sentença levou em conta os oito anos que ele já passou detido pela ICC desde sua prisão, em maio de 2008. Bemba era o comandante do Movimento de Libertação do Congo quando, entre 2002 e 2003, o presidente Ange-Felix Patasse ordenou que ele enviasse tropas ao país vizinho.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia