Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de junho de 2016. Atualizado às 00h05.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

saúde

Notícia da edição impressa de 22/06/2016. Alterada em 21/06 às 20h53min

Anvisa propõe proibição de termômetros com mercúrio

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) abriu consulta pública para discutir a proibição da fabricação, a importação e a venda de termômetros e medidores de pressão arterial (esfigmomanômetros) com coluna de mercúrio no Brasil. A proposta faz parte do compromisso brasileiro de banir produtos com mercúrio até 2020. O formulário para envio de contribuições está disponível no site http://portal.anvisa.gov.br/
"A Anvisa, assim como outros órgãos da administração pública, está comprometida com a Convenção de Minamata, um acordo entre 140 países que prevê o controle do uso e da redução de emissão e liberação de mercúrio na natureza", destaca a agência.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia