Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 07 de junho de 2016. Atualizado às 12h43.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

saúde

07/06/2016 - 11h19min. Alterada em 07/06 às 12h43min

Postos de saúde têm fila para vacinação contra a gripe em Porto Alegre

No Centro de Saúde Modelo, na Rua Jerônimo de Ornellas com a Av. João Pessoa, a fila ocupava uma quadra inteira

No Centro de Saúde Modelo a fila ocupava uma quadra inteira


Marcelo G. Ribeiro/JC
Leticia Bay
Nem o frio abaixo de 10°C assustou a população de Porto Alegre, que fez filas nos postos de saúde na manhã desta terça-feira (7) para se vacinar contra a gripe. A Prefeitura de Porto Alegre liberou hoje 20 mil doses para toda a população da Capital. Cerca de 100 postos estão distribuindo a imunização gratuitamente. 
No Centro de Saúde Modelo, na Rua Jerônimo de Ornellas com a Av. João Pessoa, a fila ocupava uma quadra inteira mesmo antes do posto abrir as portas, às 8h. Apesar da concentração de pessoas ter iniciado cedo, a espera durava menos de meia hora.
A instrutora de Yoga, Clarissa Abrantes Alves, de 35 anos, chegou às 9h35min no local. “Tem muita gente, mas até o momento está indo rápido”, avaliou.
Apesar da vacinação do grupo de risco já ter ocorrido em outras oportunidades, muitos idosos também estavam presentes. Foi o caso da professora aposentada Graziela Gualdi, de 71 anos. “Como tenho reações a algumas vacinas, não queria fazer, mas como fiquei doente, resolvi me vacinar”, explicou.
Os grupos prioritários continuam sendo atendidos normalmente. Até o momento, 91% do grupo de risco foi vacinado. Na Capital, 96% da meta foi atingida. Para as gestantes, especialmente, a rede municipal disponibiliza o Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais, que funciona no Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV), na avenida Independência, 661. O HMIPV imunizará as gestantes mesmo após o final da campanha.
De acordo com Secretaria Municipal da Saúde, a estimativa é de que na quarta-feira (8) ainda restem algumas doses. Conforme as unidades excedentes da vacina forem acabando, elas não serão repostas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia