Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de junho de 2016. Atualizado às 19h19.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

ensino superior

06/06/2016 - 19h20min. Alterada em 06/06 às 19h20min

Sisu tem 871 mil inscritos; medicina é curso mais procurado

A medicina segue sendo o curso mais procurado pelos candidatos a uma vaga no Ensino Superior público, com concorrência de 108 candidatos por vaga no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Participaram desta edição, a segunda do ano, 871.358 inscritos - quase 57% mulheres, conforme balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) nesta segunda-feira (6).
O prazo para as matrículas vai de 10 a 14 de junho. Quem não foi selecionado pelo sistema tem até o dia 17 para manifestar interesse em integrar a lista de espera.
Como cada candidato pode aplicar para mais de um curso (primeira e segunda opções), o total de inscrições ficou em mais de 1,6 milhão. Foram oferecidas 56.422 vagas em 65 universidades e institutos federais.
Depois da medicina, os cursos mais concorridos são direito, administração, pedagogia e engenharia civil. A instituição mais procurada foi a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com 104.746 inscrições, seguida das federais do Rio de Janeiro (99.681) e Fluminense (92.590).
A mais concorrida, no entanto, é a Universidade Federal da Bahia (UFBA), com 50,6 candidatos por vaga. O maior número de inscritos foi registrado em Minas Gerais: 110.565. Rio de Janeiro e São Paulo vêm em seguida.
O resultado pode ser visto no site oficial do Sisu.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia