Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de junho de 2016. Atualizado às 00h15.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

16/06/2016 - 00h15min. Alterada em 16/06 às 00h15min

Leandro marca contra ex-clube e Palmeiras leva empate aos 49 em Curitiba

A festa era para ser de Cristaldo, que voltou ao time após três meses e marcou um gol, mas um chute nos últimos minutos feito por um outro velho conhecido do palmeirense, o atacante Leandro, evitou a vitória do Palmeiras, que deixou o Couto Pereira com um empate por 2 a 2 e uma amarga liderança no Campeonato Brasileiro.
O resultado fez com que o Palmeiras chegasse aos 16 pontos, mesmas pontuação do Inter, ficando à frente pelo saldo de gols (sete contra cinco). O time gaúcho joga nesta quinta (16), em casa, contra o Atlético-MG. Com oito pontos, o Coritiba só fica acima da zona de rebaixamento pelo saldo de gols.
O gol no minuto final não poderia ter sido mais sofrido para o palmeirense. Além de deixar escapar uma vitória fora de casa que estava nas mãos, ainda viu Leandro, que saiu pela porta dos fundos do clube, marcar um belo gol em chute de fora da área e estragar a festa do clube com quem ainda tem contrato.
O roteiro do jogo estava perfeito para os palmeirenses. Aos 6, Thiago Santos lançou, Juninho se atrapalhou e deixou Róger Guedes livre para entrar na área e encher o pé, sem chances para o goleiro. Na comemoração, os jogadores imitaram a careta de Lela, pai do atacante Alecsandro, para não esquecer do companheiro suspenso. Mais cedo saiu a contraprova do exame antidoping e foi confirmado que ele usou uma substância proibida. Por isso, está suspenso preventivamente por 30 dias, até que seja julgado pelo TJD-SP.
Aos 19, o velho problema de falha de posicionamento da defesa em bolas paradas apareceu. João Paulo aproveitou e, sozinho, cabeceou após cobrança de falta para o meio da área.
No segundo tempo, Cuca colocou Cristaldo no lugar de Rafael Marques, para ter alguém mais enfiado na área. E aos 23, Moisés cobrou lateral, Vitor Hugo desviou e lá estava Cristaldo para se jogar na bola e marcar de cabeça o gol.
O argentino não atuava desde o dia 9 de março, na derrota por 2 a 1 para o Nacional-URU, jogo em que Marcelo Oliveira foi demitido. Ou seja, ele estreou sob o comando de Cuca nesta noite
Mas a noite acabou sendo de redenção para quem o palmeirense não quer ver nem pintado de ouro. Aos 49, após o jogo ficar parado por causa de sinalizadores acesos pela torcida do Palmeiras, Leandro acertou uma bomba e estragou a festa palmeirense.
Em outros jogos desta noite, o Santos derrotou o Sport por 2 a 0 na Vila Belmiro; o Santa Cruz bateu o Figueirense por 1 a 0 em Recife; e o Botafogo bate América-MG por 3 a 1.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia