Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 11 de junho de 2016. Atualizado às 19h41.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

copa américa centenário

Alterada em 11/06 às 19h41min

Dunga faz mistério antes de último treino do Brasil para jogo contra o Peru

Dunga terá de substituir Casemiro e deve escalar Walace, que fez sua estreia na seleção principal nos 7 a 1 contra o Haiti

Dunga terá de substituir Casemiro e deve escalar Walace, que fez sua estreia na seleção principal nos 7 a 1 contra o Haiti


HECTOR RETAMAL/AFP/JC
O técnico Dunga voltou a esconder o jogo na tarde desta sábado e não detalhes sobre a seleção brasileira que enfrenta o Peru no domingo, pelo primeiro lugar no Grupo B da Copa América. Antes do treino marcado para o gramado do Gillette Stadium, em Foxborough, ele disse que já tinha a equipe na cabeça, mas iria aproveitar o treinamento para "ver se os meus olhos veem o que estou pensando".
Dunga terá de substituir Casemiro e deve escalar Walace, que fez sua estreia na seleção principal nos 7 a 1 contra o Haiti, entrando no segundo tempo. Deu a entender que escalará o gremista. "É um jogador de idade olímpica, não tinha jogado na seleção principal ainda, tínhamos de colocar para quebrar esse gelo, ver a reação dele jogando", disse. "Ele se entregou bem, teve personalidade e jogou como um jogador experiente."
Apesar do segredo, Walace é o favorito à vaga no meio de campo, assim como Miranda deve voltar à defesa. E no ataque não será surpresa se Gabriel aparecer no lugar até então ocupado por Jonas.
O Brasil pode garantir o primeiro lugar na chave até com um empate, dependendo do resultado de Equador x Haiti - nesse caso os equatorianos teriam de fazer vantagem de sete gols para terminar na frente. Mas Dunga disse que a seleção só vai considerar um resultado, a vitória: "A gente quer classificar diretamente no jogo, tem essa obrigação de jogar sempre para vencer e tem essa mentalidade".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia