Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 11 de junho de 2016. Atualizado às 16h27.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

fórmula 1

Alterada em 11/06 às 16h27min

Hamilton vence duelo com Rosberg e conquista pole no GP do Canadá; Massa é 8º

O inglês conquista a sua 53ª pole position na carreira

O inglês conquista a sua 53ª pole position na carreira


Chris Roussakis/AFP/JC
O duelo particular da Mercedes entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg no treino classificatório para o GP do Canadá acabou com o britânico na pole position. O tricampeão mundial fez o melhor tempo em Montreal neste sábado, com a marca de 1min12s812, e assegurou a 53.ª pole position na carreira.
Hamilton fez valer o favoritismo, pois chegou a cinco poles em Montreal, líder absoluto entre os pilotos em atividade. O recordista da prova é Michael Schumacher, que saiu em primeiro lugar do grid em sete oportunidades.
Após duas corridas consecutivas longe do Q3, o brasileiro Felipe Massa apresentou a evolução de sua Williams e fez o oitavo melhor tempo da classificação. Felipe Nasr, da Sauber, vai largar da 19.ª posição, duas à frente do companheiro de equipe Marcus Ericsson, que foi punido com a perda de três posições por conta do acidente causado no GP de Mônaco.
O treino começou com a notícia de que a Renault não conseguiu ajustar a tempo o carro de Kevin Magnussen, que bateu no terceiro treino livre, duas horas mais cedo. Assim, o dinamarquês não participou do qualificatório e largará dos boxes no domingo.
Quando os pilotos entraram em ação, uma cena digna de corrida chamou a atenção do treino. Juntos na pista, Vettel, Hamilton e Rosberg brigavam na volta lançada para ficar com a pista livre na volta rápida. O melhor do Q1 foi o Nico Rosberg, e acabaram eliminados Jolyon Palmer (Renault), Pascal Wehrlein (Manor), Marcus Ericsson (Sauber), Felipe Nasr (Sauber) e Rio Haryanto (Manor) - além de Magnussen.
A segunda parte do treino mal começou e foi interrompida com a bandeira vermelha. Aos 11min52, Carlos Sainz Jr conheceu melhor o muro dos campeões ao bater com o pneu traseiro direito e ficou parado na pista.
Pressionados pelos resultados nos classificatórios das últimas corridas, Massa e Bottas foram os primeiros a irem para a pista e conseguiram garantir um lugar no Q3. A briga entre os líderes se acirrou e Hamilton fez a melhor volta com apenas 0s018 à frente de Rosberg.
Ficaram fora da briga pela pole position Sergio Perez (Force India), Jenson Button (McLaren), Daniil Kvyat (Toro Rosso), Esteban Gutierrez (Haas), Romain Grosjean (Haas) e Sainz.
A competição pelo primeiro lugar no grid do GP do Canadá começou de maneira alucinante, com Hamilton e Rosberg na pista logo no início e o britânico levando a melhor com 1m12s812, enquanto Rosberg cravou 1m12s874.
Sebastian Vettel mostrou que a Ferrari melhorou muito a unidade de força para o GP do Canadá e assegurou o terceiro melhor tempo a apenas 0s178 de diferença para Hamilton. Mas o alemão deixou claro que o talento ainda conta muito na Fórmula 1, pois seu companheiro, o finlandês Kimi Raikkonen, ficou no sexto lugar, 0s767 atrás do pole.
Quando o treino estava próximo do fim, Rosberg e Hamilton voltaram à pista, com o alemão na frente. Mas o atual líder da temporada errou logo na abertura da volta rápida e encostou o carro direto nos boxes, sem completá-la. Com a pole garantida, Hamilton não precisou melhorar seu tempo.
Confira o resultado final do treino classificatório do GP do Canadá:
1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min12s812
2º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min12s874
3º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min12s990
4º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min13s166
5º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min13s414
6º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min13s579
7º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), 1min13s670
8º - Felipe Massa (BRA/Williams), 1min13s769
9º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India), 1min13s952
10º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min14s338
11º - Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min14s317
12º - Jenson Button (ING/McLaren), 1min14s437
13º - Esteban Gutierrez (MEX/Haas), 1min14s571
14º - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), 1min14s457 (larga em 16.º)
15º - Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min14s803 (larga em 14.º)
16º - Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), 1min21s956 (larga em 15.º)
17º - Jolyon Palmer (ING/Renault), 1min15s459
18º - Pascal Wehrlein (ALE/Manor), 1min15s599
19º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min15s635 (larga em 21.º)
20º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), 1min16s663 (larga em 19.º)
21º - Rio Haryanto (IND/Manor), 1min17s052 (larga em 20.º)
22º - Kevin Magnussen (DIN/Renault), 1min16s901 (larga dos boxes)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia