Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 11 de junho de 2016. Atualizado às 13h02.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

atletismo

Alterada em 11/06 às 13h02min

33ª Maratona Internacional de Porto Alegre ocorre neste domingo

EPTC mobilizou 324 agentes para o tradicional evento

EPTC mobilizou 324 agentes para o tradicional evento


Thalles Campos/PMPA/Divulgação/JC
Com mais de 7 mil inscritos, número recorde, ocorre neste domingo (12), a 33ª Maratona de Porto Alegre. A prova tem largada às 7h na avenida Augusto de Carvalho, esquina com a avenida Otávio Francisco Caruso da Rocha, junto com a Meia Maratona. Antes disto, às 6h45, ocorre a Maratona Feminina, seguida pelas competições de Cadeirante e Especial; Rústica de 10 km, 5 km e 3 km. O evento tem apoio da prefeitura, pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), que terá o envolvimento de 324 agentes; da Brigada Militar; Clube dos Corredores de Porto Alegre (Corpa) e Unimed.
Os bloqueios das ruas começam na madrugada de 12 de junho (domingo). A previsão de desbloqueio total está prevista para o início da tarde de domingo. Ao contrário das programações anteriores, as vias mais centrais da cidade não serão envolvidas. Ao todo, 125 linhas de ônibus terão seus trajetos alterados na área do evento. Os terminais centrais da cidade não sofrerão modificações em seus atendimentos à população.
Na manhã de domingo, os usuários da avenida Legalidade e da Democracia deverão utilizar o Túnel da Conceição como alternativa de deslocamento. Será facilitado o acesso ao HPS e demais hospitais localizados na área envolvida. As vias de lazer dos corredores de ônibus das avenidas Érico Veríssimo e Aureliano de Figueiredo Pinto ficarão desativadas durante a programação do evento. O acesso dos moradores às ruas bloqueadas terá orientação dos agentes de fiscalização de trânsito e transporte da EPTC. Todas as linhas de transporte coletivo e seletivo deverão realizar embarque e desembarque nos pontos existentes e provisórios (paradas com pedestais), no desvio realizado.
O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, reforça a importância do evento. “A EPTC tem dado todo o apoio à prova pela importância desse evento tradicional da cidade, uma verdadeira festa de confraternização para a nossa população, com o envolvimento de milhares de participantes, muitos deles vindos de outras cidades, do país e também do exterior”. Paulo Silva, diretor do Corpa, afirma que a maratona está entre as mais rápidas do mundo. “Não devemos nada a ninguém em organização. Nossa prova está entre as cinco mais rápidas do mundo. E já temos recorde de inscrições, 7,3 mil, sendo 3 mil confirmados só para a maratona”.

Saiba os cuidados que os atletas devem ter ao correr no frio

Para enfrentar as baixas temperaturas durante a maratona, o médico do esporte e membro do Comitê de Medicina Esportiva da Unimed Porto Alegre Dr. Felix Drummond oferece dicas aos atletas.
  • No dia anterior à prova, é preciso dar atenção à hidratação e preciso tomar bastante água, pois o frio diminui percepção da sede;
  • Antes da corrida é aconselhável verificar a saúde e verificar a pressão arterial, que pode aumentar com o frio; e ainda aumentar o tempo de aquecimento;
  • Algumas vestimentas podem auxiliar o atleta durante a Maratona, como o uso de roupas sintéticas, de lã ou polipropileno, evitando o algodão. Uma alternativa é usar várias camadas, tipo ‘cebola’ e ir tirando aos poucos, para na corrida usar o mínimo para não ficar muito suado;
  • É importante ainda usar gorro tipo ninja ou máscara de lã que cubra o nariz e a boca, e proteger as extremidades mais sensíveis, como o rosto, as orelhas e as mãos, utilizando luvas;
  • Usar meias de tecido sintético ou de lã, e não de algodão, para não ficar o pé úmido;
  • Respirar pelo nariz para aquecer e umidificar o ar;
  • Após a maratona trocar as roupas suadas por roupas secas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia