Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 10 de junho de 2016. Atualizado às 12h14.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

gente

10/06/2016 - 12h14min. Alterada em 10/06 às 12h14min

Cortejo de Muhammad Ali percorre ruas de Louisville e é acompanhado por centenas

Centenas de pessoas foram às ruas para aguardar a passagem dos carros

Centenas de pessoas foram às ruas para aguardar a passagem dos carros


JIM WATSON/AFP/JC
O cortejo com o corpo de Muhammad Ali pelas ruas de Louisville, terra natal do lutador, começou na manhã desta sexta-feira (10), com uma hora de atraso em relação à programação oficial. No início da manhã, uma cerimônia restrita aos familiares e amigos mais próximos foi realizada na casa do boxeador. É o início da despedida do lutador, morto na semana passada em decorrência de complicações respiratórias do mal de Parkinson.
Os escolhidos para carregar o caixão também participaram da cerimônia particular, entre eles os ex-lutadores Lennox Lewis, George Foreman e Mike Tyson, além do ator Will Smith, que protagonizou o multicampeão de boxe no filme "Ali", de 2001, familiares e políticos.
São 21 limusines que acompanham o carro fúnebre. Os carros trazem, no vidro dianteiro, desenhos de borboletas em referência à maneira como o próprio Ali descreveu seu estilo de lutar: "Flutuar como uma borboleta e picar como uma abelha".
O cortejo saiu da casa da família, passou pelo bairro onde Ali nasceu, da Grand Avenue, e vai percorrer locais importantes para a carreira do lutador, como o centro da cidade e o Ali Center, centro de memória. Centenas de pessoas levaram cadeiras de praia e guarda-sóis para aguardar a passagem dos carros. O trajeto de cerca de 30 quilômetros deve demorar 90 minutos até o cemitério Cave Hill.
Os eventos desta sexta-feira são a segunda parte do funeral. O primeiro dia, quinta-feira, foi uma cerimônia islâmica tradicional, cheia de orações em árabe, mas marcada por discursos que destacaram a trajetória política e social do maior boxeador de todos os tempos. Cerca de 15 mil pessoas participaram do Jenazah (funeral, em árabe), realizado também em Louisville.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia