Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de junho de 2016. Atualizado às 22h55.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura

Notícia da edição impressa de 01/07/2016. Alterada em 30/06 às 21h10min

Não há definição da meta fiscal de 2017, diz Meirelles

Valor será inferior a R$ 170 bilhões, afirmou o ministro da Fazenda

Valor será inferior a R$ 170 bilhões, afirmou o ministro da Fazenda


JOSÉ CRUZ/ABR/JC
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou, nesta quinta-feira, que o governo federal ainda não tem uma definição prévia para a meta fiscal de 2017, mas afirmou que ela será inferior a R$ 170 bilhões - antes, já havia confirmado que o número certamente será negativo.
Segundo ele, para o estabelecimento da meta do próximo ano, o governo federal vai trabalhar com o pressuposto de que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece um teto de gastos públicos será aprovada. O ministro ressaltou que o processo legislativo está funcionando. "O País não para por causa de processo de transição de governo", disse.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia