Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de junho de 2016. Atualizado às 22h31.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Financiamentos

Notícia da edição impressa de 28/06/2016. Alterada em 27/06 às 22h30min

Crédito parou de encolher no Brasil em maio, diz BC

No rotativo do cartão, taxa aumentou para 471% anuais, novo recorde

No rotativo do cartão, taxa aumentou para 471% anuais, novo recorde


VISUALHUNT/DIVULGAÇÃO/JC
Pela primeira vez no ano, o Banco Central (BC) registrou aumento no estoque de operações de crédito no País, interrompendo uma sequência de quatro recuos consecutivos. Ainda não é possível, no entanto, falar em reação desse indicador econômico.
Em maio, o estoque cresceu 0,1% em relação a abril, para R$ 3,144 trilhões. Na comparação com o PIB (Produto Interno Bruto), o crédito encolheu de 52,6% para 52,4%, a quinta queda consecutiva. Em 12 meses, houve aumento de 2%, percentual bem inferior à inflação de cerca de 9% no período. As concessões de novos empréstimos avançaram 0,3% na comparação mensal, mas caíram 6% em relação ao mesmo período do ano anterior.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia