Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de junho de 2016. Atualizado às 16h48.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

27/06/2016 - 16h49min. Alterada em 27/06 às 16h49min

Ouro fecha em alta em novo dia de reação ao Brexit

Os contratos futuros de ouro fecharam em alta, próximo da estabilidade, e chegaram ao maior nível em quase dois anos. Nesta segunda-feira, o mercado ainda responde ao resultado do plebiscito realizado no Reino Unido na última quinta-feira, que acabou decidindo pela saída do país da União Europeia.
O ouro para agosto negociado na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), subiu 0,17% e terminou cotado a US$ 1.324,70 por onça-troy.
O resultado do plebiscito da semana passada surpreendeu o mercado financeiro, que deve reagir à incerteza econômica e política por tempo indeterminado. Como o ouro é considerado um ativo seguro, é provável que o metal continue a subir nos próximos dias.
"É provável que a aversão ao risco continue esta semana, pelo menos até entendermos os próximos passos políticos e os posicionamentos dos bancos centrais", afirmou Rob Haworth, estrategista sênior da US Bank Wealth Management.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia