Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de junho de 2016. Atualizado às 18h53.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

trabalho

24/06/2016 - 18h49min. Alterada em 24/06 às 18h53min

Rio Grande do Sul tem retração de 0,61% nos empregos formais em maio

De acordo com os dados levantados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Rio Grande do Sul teve uma eliminação de 15.829 empregos celetistas no período de maio de 2016. O número representa uma retração de 0,61% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.
Tal redução foi verificada em quase todos os setores de atividade econômica com destaque para a Indústria de Transformação (-5.494 postos), a Agropecuária (-3.723 postos), o Comércio (-3.476 postos) e os Serviços (-2.199 postos).
A Região Metropolitana de Porto Alegre registrou um decréscimo de 4.130 empregos formais (-0,36%). Já Vacaria registrou a pior variação relativa: a cidade abriu 887 vagas, mas desligou 2.256 trabalhadores, e fechou o mês com saldo negativo de 1.369 (-7,96%).
Nos últimos 12 meses, a queda do nível de emprego foi de 3,76% - o equivalente a -101.355 postos de trabalho. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (24) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.
 
Create column charts
Comportamento do emprego segundo Setores de Atividade Econômica
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia