Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de junho de 2016. Atualizado às 00h21.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura internacional

Notícia da edição impressa de 24/06/2016. Alterada em 23/06 às 21h44min

China endurece negociação com estatais endividadas

O governo chinês está endurecendo o tom sobre empresas estatais que estão coalhadas de dívidas e têm dificuldades em se mostrar lucrativas. Pequim deve divulgar uma "lista negativa", com os nomes das chamadas "empresas-zumbis" que não poderão trocar suas dívidas por ações, afirmou, nesta quinta-feira, Sun Xuegong, diretor da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, uma entidade próxima ao órgão planejador chinês.
A última iniciativa do governo para reduzir o nível de endividamento do setor corporativo será baseada no mercado e não protegerá as empresas-zumbis, afirmou o dirigente em um evento. "Não há problemas éticos no plano de troca de dívida por ações", assegurou.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia