Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de junho de 2016. Atualizado às 23h54.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Crédito

Notícia da edição impressa de 23/06/2016. Alterada em 22/06 às 23h53min

Cheques sem fundos atingem segundo maior nível da história

Número de devolvidos somou 2,39% do total em maio, diz Serasa

Número de devolvidos somou 2,39% do total em maio, diz Serasa


JOÃO MATTOS/JC
Em maio, o número de cheques devolvidos por falta de fundos no País atingiu 2,39%, o segundo maior patamar para o mês desde 1991. O dado foi divulgado ontem pelo Indicador Serasa Experian de Cheques sem Fundos. O maior nível atingido foi em maio de 2009, com 2,52% de cheques devolvidos.
Segundo a Serasa, 1.208.897 cheques foram devolvidos em maio, enquanto 50.622.591 cheques foram compensados. Em abril, 2,38% de cheques foram devolvidos por falta de fundos; enquanto, em maio do ano passado, o percentual atingiu 2,29%.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia