Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de junho de 2016. Atualizado às 12h48.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

INDÚSTRIA PETROQUÍMICA

22/06/2016 - 12h42min. Alterada em 22/06 às 12h48min

Braskem inaugura complexo petroquímico do México junto com Idesa

Empresa brasileira terá capacidade de produzir 8,7 milhões de toneladas de resinas termoplásticas

Empresa brasileira terá capacidade de produzir 8,7 milhões de toneladas de resinas termoplásticas


divulgação/braskem/jc
A Braskem anunciou a inauguração nesta quarta-feira (22) do Complexo Petroquímico do México, em parceria com a Idesa, fruto de um investimento de US$ 5,2 bilhões. Com a capacidade de 1,05 milhão de toneladas de eteno e polietileno por ano do complexo, a empresa brasileira terá capacidade de produzir 8,7 milhões de toneladas de resinas termoplásticas.
O Complexo reúne um cracker de produção de eteno base gás e três unidades de polietileno (duas de alta densidade linear e uma de baixa).
Segundo comunicado à imprensa, o Complexo Petroquímico do México é considerado o maior investimento industrial greenfield já realizado por uma empresa brasileira no exterior.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia