Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de junho de 2016. Atualizado às 08h11.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

22/06/2016 - 08h11min. Alterada em 22/06 às 08h11min

Bolsa de Tóquio devolve parte de ganhos recentes, pressionada por alta do iene

A Bolsa de Tóquio devolveu nesta quarta-feira parte dos ganhos recentes gerados pela expectativa de que o Reino Unido votará amanhã para permanecer na União Europeia, pressionada pela valorização do iene ante o dólar durante a madrugada.
O Nikkei, índice que reúne as ações mais negociadas na capital do Japão, caiu 0,64%, encerrando o dia a 16.065,72 pontos, depois de avançar 1,28% ontem.
Apesar de a maioria das últimas pesquisas indicar que os britânicos optarão por manter o Reino Unido na UE no plebiscito desta quinta-feira, o clima no pregão do mercado japonês foi de cautela.
Além disso, o iene avançou em relação ao dólar nos negócios da madrugada, fator que tende a prejudicar os papéis de exportadoras. Foi o caso do fabricante de eletrônicos Sony (-1,83%) e das montadoras Toyota (-0,53%) e Nissan (-0,79%).
Mas as perdas de hoje em Tóquio foram lideradas pelas siderúrgicas: a JFE Holdings caiu 3%, enquanto a Nippon Steel & Sumitomo Metal recuou 2,3%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia