Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de junho de 2016. Atualizado às 22h35.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Notícia da edição impressa de 21/06/2016. Alterada em 20/06 às 22h00min

As sobras de energia

A Aneel deverá decidir só hoje em que condições as distribuidoras de energia elétrica poderão renegociar excedentes de energia, já próximos de 16%. Quem paga os primeiros 5% é o consumidor e os outros 11%, as distribuidoras, gerando prejuízos, segundo o coordenador do grupo temático de energia da Fiergs, Edilson Deitos. A entidade já formalizou uma proposta junto à Aneel para que, em períodos de sobra de energia, como o atual, sua venda seja liberada às distribuidoras no modo "energia emergencial", por um preço mais baixo aos consumidores no horário de ponta, das 18h às 21h, quando a energia consumida vem de geradores à base de óleo diesel, onerando consumidores, distribuidoras e o meio ambiente.
O impacto nas tarifas
Se o novo mecanismo de comercialização da energia excedente pleiteado pela Fiergs for aprovado, ele irá permitir a redução dos potenciais prejuízos para este e os próximos dois anos, na opinião da entidade. O que poderá impactar, em um segundo momento, a diminuição da pressão por aumento das tarifas.
Com a mão na massa
As Faculdades São Judas Tadeu programaram para hoje um bate-papo com Fabiano Soares, o Pãozeiro, para apresentação da Aceleradora de Ideias, nova disciplina de todos os cursos no próximo semestre. É para desenvolver ideias com o uso de metodologias ativas, em que os alunos assumem o papel de protagonistas.
Agasalhos e desconto
A loja Santo Anjo, do bairro São João, especializada em vestuário de recém-nascidos e crianças, oferece desconto de 5% em compras aos clientes que doarem um agasalho, 10% dois e 15% três peças. Os itens arrecadados serão doados à Paróquia Nossa Sra. da Paz e devem estar em boas condições de uso.
Certificação da Powermig
A Powermig iniciou a comemoração dos seus 10 anos de fundação em Caxias do Sul com a conquista da certificação Internacional da Robotics Industries Association (RIA), a primeira da América Latina. O auditor americano Mike Kunkle avaliou para isso 25 itens relacionados aos processos da empresa.
Equipamentos de Guaíba no Galeão
A Thyssenkrupp acaba de instalar 126 equipamentos para o embarque e desembarque de passageiros da porta do avião à saída do aeroporto Galeão, Tom Jobim, do Rio de Janeiro, para atender um público anual estimado em 17 milhões de pessoas. São 58 pontes de embarque, 25 elevadores, 21 escadas rolantes, 14 esteiras rolantes e oito plataformas elevatórias. No novo Píer funciona a maior esteira rolante da América Latina com 100 metros de extensão, que vai levar os passageiros aos terminais 1 e 2 de embarque e desembarque. A empresa está presente com cerca de 280 equipamentos instalados nos principais aeroportos do País. Seu parque fabril e a matriz estão instalados em Guaíba.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia