Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017. Atualizado às 16h24.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Patrícia Knebel

Mercado Digital

Notícia da edição impressa de 09/06/2016. Alterada em 15/02 às 17h28min

Internet das vacas

MARCELO G. RIBEIRO/JC
Soluções inovadoras voltadas para a internet das vacas - uma alusão à internet das coisas, que conecta objetos a sistemas que processam informações e proporcionam maior inteligência ao negócio - serão colocadas à prova na próxima semana. A empresa BovControl realiza o 1º Hackathon da Pecuária, um desafio tecnológico voltado ao setor pecuário para estimular o desenvolvimento de soluções nessa área. "Queremos promover a inovação aberta e descobrir talentos que tragam soluções diferenciadas para melhorar a performance da produção de carne, leite ou da genética do gado", explica o fundador da empresa, Danilo Leão. O BovControl é um aplicativo que coleta dados do gado por meio de dispositivos de identificação e os envia a uma plataforma, para análise e gestão on-line das informações recebidas. Mais de 23 mil fazendas já são usuárias da solução da BovControl - 60% delas estão no Brasil. O Hackathon acontecerá de 17 a 19 de junho, na sede da Wayra Brasil, aceleradora de startups do Grupo Telefônica, e que já investiu R$ 7,2 milhões em 54 empresas digitais. Uma das empresas aceleradas foi a BovControl. Os interessados têm até a próxima segunda-feira para fazer as inscrições pelo site www.internetdasvacas.org.
100 Open Startup I
A prefeitura de Porto Alegre, por meio do Inovapoa e do POAdigital, aderiu ao movimento 100 Open Startup, uma rede nacional em que grandes corporações e startups interagem para buscar inovações que gerem impacto na sociedade. As empresas nascentes que despertarem maior interesse de mercado poderão participar da Open Innovation Week no final do ano. O movimento 100 Open Startup já possui números relevantes: mais de 20 mil empreendedores conectados e 6 mil projetos de startups avaliados. Players de peso, como 3M, Embraer, Johnson & Johnson, Inseed Investimentos e Redpoint eventures, estão atentos a essa rede para buscar ideias e empreendedores com potencial para ajudar as suas operações.
Certificação
O Qualitor, software para gerenciamento de atendimento, está posicionado entre as 40 ferramentas no mundo que possuem cinco ou mais processos certificados PinkVerify. E agora mais dois foram auditados pela PinkElephant, entidade global de reconhecimento em certificação de softwares para ITSM com relação à aderência à biblioteca ITIL: Gerenciamento de Mudanças e Gerenciamento de Problemas.
Design Thinking em Porto Alegre
A capital gaúcha vai receber, nos dias 27, 28 e 29 de junho, o curso Design Thinking Experience, um programa intensivo para incentivar os participantes a mergulharem nesse modelo de capacitação mental, que tem ajudado as empresas e indivíduos a encontrar novas formas de resolver problemas. As inscrições podem ser feitas pelo site www.escoladesignthinking.com.br ou pelo telefone (11) 3476-2500. O curso vai acontecer no Nós Coworking, no Shopping Total.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia